E-book Como Aumentar as Vendas da sua Loja

E-book Como Aumentar as Vendas da sua Loja

E-book Como Aumentar as Vendas da sua Loja

Impulsione o seu crescimento. Venda cada vez mais no comércio de Moda.

Sabemos que a rotina do lojista é corrida, não sobra muito tempo para cobrir todas essas frentes.

Pensando nisso, separamos algumas dicas práticas que podem ser aplicadas na sua loja.

  • Veja algumas atitudes você deve adotar no dia a dia para aumentar as suas vendas.
  • Saiba tudo sobre Divulgação e Promoções, Cuidados com a Vitrine e Aromatização do Ambiente
  • Entenda o que é Fidelização do Cliente e Pós-venda e Qualidade dos Produtos
Crie uma ambientação Estratégias Sensoriais

Crie uma ambientação – Estratégias Sensoriais

Crie uma ambientação Estratégias Sensoriais

Atrair o público-alvo da sua marca e aumentar as vendas não é uma tarefa simples de ser executada.

Pelo contrário, é necessário usar estratégias que vão ajudar a colocar a marca em evidência entre os clientes em potencial – como as estratégias sensoriais que são consideradas soluções inovadoras.

Como parte do marketing sensorial essas estratégias têm intuito de mexer com as emoções do consumidor através dos sentidos (visão, audição, tato, olfato e paladar) e com isso pode criar um vínculo entre o cliente e marca.

Esse tipo de estratégia é necessária aos pontos de venda por possibilitar a aproximação da marca com o seu público e criar experiências memoráveis. Dessa forma, a marca não só aumenta as chances de executar uma venda como também pode criar um vínculo com o seu novo cliente, fidelizando.

As estratégias sensoriais ajudam a marca reforçar o seu posicionamento no mercado. Elas aguçam os sentidos dos consumidores e permite que eles a reconheçam com facilidade identificando algumas das suas características.

Quer saber como usar o marketing sensorial em seu ponto de venda? Veja abaixo algumas dicas de como aplicar essas estratégias e atrair os clientes.

Invista no visual. Torne seu PDV visualmente atrativo

Muitas vezes o primeiro contato do consumidor com a sua marca é através do seu ponto de venda, por isso que é necessário investir em uma fachada bacana e que chame a atenção do consumidor. Torne o seu PDV atrativo. É preciso trabalhar com uma fachada bonita, vitrines instigantes e tudo que faça o cliente em potencial olhar e se sentir atraído pelo ponto de venda.

Invista em aromas que representam a imagem da marca

Para uma cafeteria, por exemplo, é muito fácil despertar interesse entre os consumidores em potencial através do olfato, mas para uma loja de roupa essa tarefa pode ser um pouco mais complicada. Na verdade, o ideal é que você tenha a imagem da marca muito bem definida para que encontre um aroma que represente isso. Assim o cliente vai ligar o aroma à sua marca.

Deixe o produto à disposição do cliente, faça-o sentir

Uma loja de móveis ou roupas de cama pode ganhar a atenção do público de diferentes formas, mas uma das mais eficientes é a possibilidade de os clientes sentirem os produtos. Permita que o cliente se aproxime de todos os produtos e a partir disso os sinta despertando interesse. Portanto, faça a distribuição eficiente dos produtos, não o impedindo de tê-los por perto.

Monte uma trilha sonora personalizada para a sua marca

A música que você coloca para tocar na sua loja também pode estimular os clientes a consumirem. A playlist precisa representar o “mood” da sua loja, transmitindo valor aos produtos. Não é só colocar a música da temporada para tocar. Pelo contrário, a trilha sonora do PDV diz muito sobre ela e tem a possibilidade de criar um vínculo entre o cliente em potencial e a marca.

Crie sabores que representam a sua marca

Crie uma ambientação Estratégias SensoriaisConhece a máxima sobre conquistar alguém pelo estômago? Pois ela pode fazer a diferença no seu negócio. Ligar o sabor de algo ao seu produto ou a sua marca também ajuda a criar vínculo com os clientes. Tente oferecer um bolo, um café ou até uma bala. Na verdade, você precisa oferecer algo que desperte interesse, como o uso de balcões para degustação de alimentos.

Crie uma ambientação usando estratégias sensoriais que possuam relação com a sua marca. Entenda que não adianta investir em diversas ações que usam os sentidos do consumidor se de certo modo eles não representam o seu produto ou marca. Essas estratégias precisam se “relacionar” a marca.

Como calcular o lucro das peças vendidas na sua loja

Como calcular o lucro das peças vendidas na sua loja

Como calcular o lucro das peças vendidas na sua loja

Existem tarefas dos bastidores de um negócio que geram inúmeras dúvidas entre os empreendedores.

A margem de lucro sobre os produtos vendidos é um exemplo disso, onde muitos acabam confundido todo o dinheiro que entra em seu negócio com o lucro, que definitivamente é muito perigoso.  

Confundir lucro com o caixa pode acabar com o seu negócio, por isso deve entender as diferenças que existem entre ambos os conceitos. Enquanto o lucro é a diferença calculada entre o valor obtido com uma venda e custos envolvidos com a realização do trabalho, o caixa é todos os valores que de certo modo entraram na empresa, sem o cálculo de custos e entre outros.  

Obviamente que esse não é um assunto de fácil compreensão e por isso os empreendedores costumam ter uma equipe financeira capaz de fazer essa distinção corretamente, mas nem sempre o negócio em fase inicial possui capital suficiente para contar com uma equipe ampla. Ou seja, é crucial ter conhecimento sobre como calcular o lucro das peças vendidas na sua loja. 

Você não precisa ser um expert da matemática e estatística, mas entender o básico é necessário para garantir a saúde financeira do negócio. Confira abaixo dicas sobre como fazer esse cálculo e entender o lucro da sua loja.  

Atenção a fórmula principal para cálculo do lucro

Como calcular o lucro das peças vendidas na sua lojaO cálculo para saber a sua margem de lucro é feito através de uma fórmula simples: divida o lucro pela receita total e multiplique o resultado por 100 

Por exemplo, a sua empresa pagou cerca de R$ 150 em um produto para a revenda do mesmo por cerca de R$ 200. Até então ela teve um lucro de R$ 50, mas isso não significa que o valor vai para o seu bolso. Pelo contrário, é preciso entender que para o produto ser vendido podem ter outros custos.  

No caso custo fixos, variáveis e até operacionais que poderiam ser desde o gasto para ir pegar o produto que vai revender, o funcionário que fez essa venda e assim em diante. Tudo isso conta como custo e entra para receita total que vai ser usada para calcular a margem de lucro oficial do produto.  

Então imagine que o custo para vender esse produto foram de R$ 20. Logo o lucro é de R$ 30 (resultado obtido com a subtração de R$ 50 de lucro para R$ 20 de custos) e a receita total R$ 50. Contudo, essa fórmula apresenta a porcentagem de lucro para com o produto e o cálculo seria: R$ 30 dividido por 50 x 100 = 60. Ou seja, a empresa teve uma margem de lucro de 60%.  

A diferença de lucro líquido e lucro bruto

Como calcular o lucro das peças vendidas na sua lojaExiste uma grande diferença entre lucro líquido e lucro bruto. Aliás, essa é uma diferença muito importante para a efetividade do negócio pois basta confundi-los para ter prejuízos que bagunçam as finanças da sua empresa. 

Portanto, entenda como lucro líquido o resultado do cálculo: lucro bruto – despesas (fixas e variáveis). Já o lucro bruto é o resultado obtido a partir do cálculo: vendas no período – custo das mercadorias vendidas. Sem esse tipo de cálculo é impossível ter uma noção “real” sobre o lucro das peças. 

 Analisando os passos para calcular o lucro das peças vendidas na sua loja é provável que você se sinta perdido devido a necessidade de analisar todo e qualquer custo que a sua empresa tenha tido para vender o produto em questão. Mas conforme você pratica esse processo se torna mais simples e se precisar basta buscar ajuda de profissionais especializados em finanças.  

Venda mais melhorando o desempenho dos seus anúncios do Facebook

Venda mais melhorando o desempenho dos seus anúncios do Facebook

Venda mais melhorando o desempenho dos seus anúncios do Facebook

O Facebook é considerado uma das redes sociais mais influentes do mundo que reúne 2.167 milhões de usuários ativos segundo os dados do relatório “Digital in 2018” desenvolvido pelas empresas We Are Social e Hootsuite. 

A rede começou a ser usada pela maioria dos usuários como uma forma de se comunicar com os amigos e familiares distantes, porém com o tempo as empresas enxergaram uma oportunidade de se aproximar do seu público-alvo, aumentando as suas vendas e principalmente fidelização os clientes. 

Venda mais melhorando o desempenho dos seus anúncios do FacebookTanto os empreendedores como os consumidores são beneficiados com as ferramentas do Facebook, pois as mesmas tornaram o processo de busca e venda dos produtos ou serviços muito mais simples, além de ser confiável. 

Contudo, para as empresas que desejam alcançar seu público com chances reais de convertê-lo em cliente é importante apostar em anúncios na rede, pois eles aumentam o seu alcance e direciona-o aos clientes em potencial. 

O problema é que usar o gerenciador de anúncios do Facebook Ads não é a tarefa mais simples e isso pode afetar o desempenho de suas campanhas, além de prejudicar a sua relevância na rede social. Portanto, é importante conhecer todos os recursos da ferramenta e trabalhar com estratégias que ajudam a melhorar o desempenho dos seus anúncios e claro, das vendas.  

Veja dicas para melhorar o desempenho dos seus anúncios do Facebook. 

O seu anúncio não se vende sozinho

A primeira dica é a mais importante. Muitas pessoas não entendem que os anúncios por mais incríveis que sejam não vendem sozinhos. Crie o anúncio apenas ao entender a dinâmica da ferramenta e saber qual é o perfil do seu público-alvo, além das otimizações e boas práticas que fazem diferença no resultado. Sem conhecimento será basicamente um investimento à cegas.  

Teste o anúncio antes dele ir ao ar

A maioria dos anúncios que fracassam são por falta de conhecimento e até de testes. Antes de divulgar o anúncio é preciso analisá-lo e identificar se o público chegará ao objetivo da campanha. Analisar a segmentação do seu anúncio, erros ortográficos, página para onde a pessoa será direcionada, a proposta de valor da oferta e entre outros pode evitar erros prejudiciais. 

Seja específico no direcionamento do anúncio

Atirar para todos os lados não vai melhorar os resultados do anúncio. Pelo contrário, isso pode torná-lo irrelevante. Tente restringir o público através de locais, interesses, idades, comportamentos específicos e outros que são interessantes para a sua empresa. Invista no seu público-alvo real ao invés de tentar conquistar pessoas que não oferecem retornos para a empresa.  

Atenção com a mensagem e imagem do anúncio

O primeiro contato do público com o anúncio será a partir da imagem e se ela o interessar, poderá ler a mensagem. Portanto, é importante se atentar a imagem e mensagem que irá usar na campanha. Ambas devem criativas, transmitir valor e conter gatilhos que influenciam o usuário a seguir com o próximo passo como clicar no anúncio, preencher um formulário e outros. 

Certifique-se de usar o pixel do Facebook

Venda mais melhorando o desempenho dos seus anúncios do FacebookO pixel é um trecho de código que precisa ser instalado no site (no caso, o site que o anúncio levará o usuário) para obter informações e entender os caminhos dos clientes até a conversãoO interessante é que esse código vai permitir que adapte suas campanhas de acordo com o comportamento do cliente durante sua compra. Instale-o antes de anunciar no Facebook Ads 

Existem muitas outras maneiras para a empresa vender mais melhorando o desempenho dos seus anúncios do Facebook como os testes A/B ou até monitoramento dos leads gerados pelo anúncio. De qualquer forma, o ideal é trabalhar com os anúncios reais, atrativos e atualizá-los constantemente.   

Vendas pelo Stories. Você já fez?

Vendas pelos Stories. Você já fez?

As redes sociais são mídias muito populares ao redor do mundo e que hoje em dia tem influenciado diferentes ações, reações e hábitos dos usuários.

Vendas pelo Stories. Você já fez?

No Brasil o número de pessoas conectadas à internet e principalmente às redes sociais tem aumentado a cada dia. Aliás, é possível ter uma noção a respeito desse crescimento com os dados do relatório “Digital in 2018: The Americas” que foi desenvolvido pelas empresas We are Social e Hootsuite.

O relatório mostra que cerca de 62% da população brasileira está ativa nas redes socias e entre as mais usadas estão YouTube, Facebook e Instagram.

No caso do Instagram é interessante analisar como essa rede conquistou a atenção dos usuários e se tornou parte de sua rotina. Apenas no Brasil são 57 milhões de usuários ativos mensalmente (27% da população do país) e é exatamente aí que mora a oportunidade de expandir/melhorar as vendas.

A forma como as pessoas estão usando o Instagram não é mais a mesma e você precisa entender isso para criar as oportunidades de vendas e lucros. Hoje em dia as pessoas não usam essa rede apenas para ver as fotos ou os vídeos de pessoa “x”, mas também para conhecer lojas, produtos e outros.

Com isso nasce mais uma oportunidade de fazer negócio e seja através das suas publicações no feed ou com vídeos curtos divulgados no stories.

Quer entender como que funciona as vendas pelos stories do Instagram? Veja.

Desde que o Instagram notou o seu potencial para o comércio eletrônico é possível ver seus investimentos para tornar os perfis comerciais eficientes, favorecendo o engajamento entre perfil e consumidor, e claro, as vendas.

Nos últimos anos a rede social tem lançado ferramentas que ajudam nesse processo de venda e divulgação de uma marca ou de seus produtos. Aliás, uma das ferramentas lançadas recentemente tem transformado a maneira como os empreendedores presentes no Instagram vendem seus produtos.

Chamada de “Instagram Shopping” essa ferramenta permite que o usuário marque os seus produtos nas publicações ou stories para que os seguidores interessados em os comprar possam conferir mais informações sobre eles, analisar os outros produtos e fazer a compra do que for do seu interesse.

Quando essa ferramenta foi lançada ela se limitava a funcionar apenas nas publicações feitas no feed do perfil, porém nos últimos meses a rede social tem mudado alguns parâmetros para permitir que a ferramenta funcione a partir dos stories, criando mais um “canal” para fazer a divulgação e venda.

Como usar o Instagram Shopping?

Vendas pelo Stories. Você já fez?Para que consiga usar o Instagram Shopping nos stories será necessário ter uma conta comercial e ter os seus produtos cadastrados. Geralmente esse “cadastro” acontece por meio do Facebook e por isso você vai precisar ter uma loja ou catálogo de produtos na própria rede – para criar uma dessas opções basta entrar em “Gerenciador de Negócios” do próprio Facebook.

Assim que os seus produtos estiverem cadastrados você pode fazer stories e marcá-los. Essa marcação costuma direcionar os usuários para a página de compra do produto, contendo também informações sobre o mesmo. O interessante é que o “link” para comprar o produto aparece em destaque e por isso é provável que você consiga chamar a atenção de seus seguidores.

É claro que as vendas pelos stories não acontecem de um dia para o outro e sem um trabalho árduo. Se deseja vender os seus produtos será preciso investir em ações que façam o potencial cliente te notar e analisar os seus produtos. Portanto, trabalhe com um conteúdo original, interessante e que aumente o engajamento do seu perfil para elevar as vendas da sua marca.

 

 

Aumente as vendas pelo Instagram

Aumente as vendas pelo Instagram

Aumente as vendas pelo Instagram

Não é segredo que o Instagram é uma das redes sociais mais influentes do mundo que todo mês registra um aumento no número de usuários ativos.

Aumente as vendas pelo InstagramEsse crescimento se dá pelas funcionalidades que a rede tem oferecido aos usuários e que vai além do compartilhamento das fotos e vídeos pessoais.

É interessante notar que o Instagram oferece novas experiências às pessoas e, inclusive, demonstra ter um ótimo potencial para o comércio eletrônico. Com isso a rede abre um novo “leque” de oportunidades aos negócios que desejam atrair novos consumidores, engajar e claro, converter em vendas.

Aumentar as vendas pelo Instagram é uma realidade. No entanto, para ter um resultado eficiente é necessário trabalhar com estratégias relevantes e que definitivamente tenho potencial de atrair o consumidor em potencial.

Para isso o conteúdo deve ser o seu grande diferencial, focando sempre na produção de conteúdo único e que definitivamente atraem o público-alvo. Ou seja, o cuidado como o “visual” nessa rede social é algo imprescindível.

Para que você aumente as vendas pelo Instagram e melhore a autoridade ou posicionamento da marca no mercado separamos algumas dicas. Veja.

  1. Mude sua conta para o modo negócio

O primeiro passo para que aumente as vendas pelo Instagram e mudar seu perfil para o modo negócio. Essa mudança te dá acesso há várias funções e que são imprescindíveis para esse objetivo de vendas como a possibilidade de analisar as métricas do seu perfil. Para essa mudança será preciso fazer login em seu Facebook e criar uma página para conectar ambas as contas.

  1. Use o Shopping Instagram para vender

Outra dica é usar o Shopping Instagram para vender produtos. Essa função permite marcar os produtos nas fotos ou vídeos que publicar para que seu seguidor consiga clicar nos links e ir até a página de compra. Com certeza é a função mais eficiente aos negócios, mas para usá-la também é necessária uma integração com o Facebook e cadastrar os produtos em um catálogo.

  1. Atenção ao visual, use conteúdos atrativos

Na internet você tem uma desvantagem no momento de vender. Como os produtos estão no digital o cliente não pode senti-los e vê-los com o olhar mais apurado, por isso que você deve investir em fotos, vídeos e afins que ajudam o cliente ter uma percepção melhor do produto. Então procure ao máximo criar fotos e vídeos atrativos, capaz de despertar uma curiosidade.

  1. Não foque apenas em número, mas em engajamento

Se você pesquisar o que é mais importante para ter sucesso no Instagram é provável que a maioria das respostas citem o engajamento. Sem dúvidas o engajamento oferece uma perspectiva melhor de sucesso, pois mostra que os usuários estão notando a marca e os produtos. Não se prenda ao número de seguidores, mas sim com o relacionamento entre o perfil x seguidores.

  1. Faça parcerias, elas te dão mais visibilidade como negócio

Aumente as vendas pelo InstagramOutra dica para que aumente as vendas pelo Instagram é fazer parcerias e divulgar seus produtos. As parcerias podem ser feitas com os usuários que são influencers e aliás, existem diversas maneiras da parceira acontecer. É possível encontrar influencers que aceitam divulgar sua marca apenas com o recebimento de produtos e outros que cobram para isso. Pesquise sobre.

Definitivamente o Instagram usa uma perspectiva diferente para vender os produtos de uma marca e isso é interessante pois o foco não é só a venda, mas o engajamento com o público que pode ajudar na fidelização. Então é crucial analisar as funções disponíveis na rede social, pois elas com certeza vão te ajudar na atração do público-alvo, assim como engajar e converter.

 

Aumente as vendas com WhatsApp

Aumente as vendas com WhatsApp

Aumente as vendas com WhatsApp

Entre os aplicativos de mensagem instantânea e chamadas de voz ou vídeo o WhatsApp é considerado um dos mais influentes do mundo e aliás, o app se tornou basicamente uma extensão das pessoas onde quase todos usam.

Aumente as vendas com WhatsAppNo Brasil o aplicativo ocupa o terceiro lugar como uma das plataformas de mídia social mais ativa (dados do relatório “Digital in 2018: The Americas”, que foi desenvolvido pelas empresas We are Social e Hootsuite) e inclusive pelo menos 56% da população brasileira usa o app WhatsApp ativamente.

Esses dados mostram o quanto esse aplicativo tem ganhado espaço entre a população e para os empreendedores seria um desperdício não usar dessa influência para criar mais um canal de comunicação e vendas aos clientes.

Aumentar as vendas com WhatsApp é uma estratégia que pode ser muito eficiente, mas para isso é necessário ter atenção aos processos. É crucial o cuidado na forma como se comunica com o cliente nessa plataforma, pois qualquer deslize pode causar um atrito na relação do cliente e a empresa.

Confira abaixo algumas dicas para que aumente as vendas com WhatsApp.

  1. Peça autorização de seus clientes para mandar novidades

Antes de tudo você precisa montar uma lista de contatos para dar início ao processo de vender pelo WhatsApp. Você jamais deve incluir um contato à lista sem a autorização da pessoa. Coloque o seu número de WhatsApp nas informações de contato do seu negócio para o cliente ir até você ou peça sua autorização para enviar as novidades da marca estimulando a compra.

  1. Não foque apenas na venda, mas em atrair e engajar

O processo para realizar uma venda e fidelizar o cliente se inicia ao atrair a sua atenção e engajá-lo. Então a dica é não ir direto ao ponto e oferecer os seus produtos/serviços de forma agressiva. Ganhe a confiança dos clientes e melhore seu relacionamento com eles, pois é a partir disso que terá mais liberdade para sugestão de compra de produtos que sejam do seu agrado.

  1. Esteja disponível para o seu cliente, não o deixe esperando

Demorar de 30 minutos a 1 hora para responder é tolerável, o problema é quando você deixa seu cliente esperando um retorno por horas ou até dias. Você deve estar disponível para o cliente, se não o uso do WhatsApp como mais um canal de vendas será inútil. Mantenha-se atento e caso não puder responder envie mensagens automáticas dando “prazos” para retorná-lo.

  1. Deixe claro qual é o horário de atendimento do WhatsApp

Pode parecer óbvio essa dica, mas alguns clientes entendem errado a ideia do seu negócio ter um WhatsApp e por isso acham que deve respondê-los a qualquer momento do dia. É importante que deixe claro os horários para atendimento. Se possível deixe uma janela maior do que o praticado pelos comércios tradicionais. Assim evitará um cliente irritado (e sem ter razão). 

  1. Aproveite o status do WhatsApp para engajar ainda mais

Aumente as vendas com WhatsAppO novo status do WhatsApp segue basicamente a ideia dos stories que são usados no Instagram. Eles são bem dinâmicos por isso tornam a divulgação dos produtos/serviços mais interessante. No status você pode anunciar as ofertas do dia, lançamentos de novos produtos ou serviços, convidar o seu cliente para eventos, comunicar sobre promoções da marca e entre outros.

Para que aumente as vendas com WhatsApp será necessário ser ágil e ter disponibilidade suficiente para trabalhar no relacionamento com o cliente. Entenda que não basta deixar mais um canal de comunicação disponível ao cliente se não se prontifica a responder. Dê atenção ao cliente, faça ele se sentir especial e com isso pode estimular a compra de produtos/serviços.

 

Aumente as vendas pelo Facebook

Aumente as vendas pelo Facebook

Aumente as vendas pelo Facebook

No Brasil o Facebook é a segunda rede social mais usada pelos brasileiros e por mais que muitos acreditam na ideia de que a rede não existe mais para as pessoas, existem alguns dados que comprovam exatamente o contrário.

Aumente as vendas pelo FacebookComo foi dito acima essa é uma rede muito ativa no nosso país, onde cerca de 59% da população está presente ativamente na mesma. Mas além disso vale citar outros números impressionantes do Facebook como é o caso dos usuários ativos mensalmente. De acordo com os dados do “Digital in 2018: The Americas” da We are Social e Hootsuite, são 130 milhões de usuários.

Esse tipo de dado impressiona qualquer pessoa e deveria demonstrar para os empreendedores que não acreditam mais no potencial da rede que não estar no Facebook é um grande desperdício – é como se dissesse não para um relacionamento eficiente com os consumidores e até para suas vendas.

Então o convidamos a pensar na possibilidade de aumentar as vendas pelo Facebook. É claro que essa não vai ser uma tarefa simples de ser realizada, mas se usar as ações que melhorem seu posicionamento na rede, você não apenas melhorará a sua taxa de vendas, como fará a fidelização de clientes.

Confira abaixo algumas dicas para que aumente as vendas pelo Facebook.

  1. Tenha uma página do seu negócio 100% ativa

Você não pode se rum turista em sua própria página. Os clientes precisam entrar na rede social e dar de cara com as suas publicações. Faça com que ele lembre da sua existência. Portanto mantenha a sua página ativa com a postagem de conteúdo único, personalizado e de qualidade. Além disso, é fundamental responder comentários e mensagens o mais rápido possível.

  1. Use conteúdos que causam impacto no consumidor

Não estamos falando para você postar algo polêmico e que assusta os seus clientes ou potenciais, mas sim para desenvolver um conteúdo que agiliza o processo de divulgação e venda de seus produtos ou serviços. No caso, é interessante usar conteúdos visuais, com artes agradáveis e atraentes, que estimulam o consumo do público. É esse o impacto que você deve causar.

  1. Tenha muito cuidado com a comunicação visual da sua página

Nós seres humanos temos a mania de julgar “o livro pela capa” e por isso a aparência da sua página no Facebook precisa estar impecável e se conectar com a imagem da marca. Se o cliente ou potencial entrar na página e ver o desleixo com o conteúdo, ele provável vai se esquivar e procurar por outra marca mais agradável para os seus olhos. Então busque se atente ao visual.

  1. Preste atenção às técnicas que estimulam as vendas

Você já ouviu falar da técnica de marketing digital “call to action”? Ela tem o papel de estimular um comportamento do usuário. Por exemplo, através do CTA você pode direcionar o público à sua loja virtual para conhecer um determinado produto e consequentemente adquiri-lo. A ideia é incentivar o cliente, por isso deve usar esse tipo de técnica nas publicações da página.

  1. Use o Facebook Ads para chegar até o seu público

Aumente as vendas pelo FacebookOutra dica para aumentar as vendas pelo Facebook é o uso da ferramenta de anúncios dessa rede social. O Facebook Ads pode promover sua página, impulsionar as publicações, sugerir ao usuário que visite o seu site, fazer a divulgação de seus produtos, ofertas ou promoções e entre outros. Essa é sem dúvidas uma ótima estratégia para alcançar o público-alvo do negócio.

Não existem segredos quando o assunto é vendas. Se você quer aumentar a venda de seus produtos ou serviços você precisa trabalhar com as ações que estimulem o comportamento de compra do cliente. Com isso, para que aumente as vendas pelo Facebook faça sua lição de casa. Crie uma página, a atualize diariamente, engaje o público e influencie na decisão de compra.

Como aproveitar as datas comemorativas para ganhar dinheiro com sua loja online

Como aproveitar as datas comemorativas para ganhar dinheiro com sua loja online

Se você não quer sofrer com as consequências da sazonalidade, a dica é seguir um bom planejamento ao longo do ano

O Dia das Mulheres se aproxima e para o mercado de varejo, inclusive, o online, esta é a terceira melhor data para as vendas, ficando atrás apenas do Natal, dia das Mães e das Crianças. Portanto, entender o seu mercado e o que seu público deseja, além de suprir a demanda de forma planejada faz toda a diferença.

É importante saber qual data é mais promissora para o seu negócio, para isso, vai depender da percepção do seu público (o que ele mais valoriza). Às vezes também é possível mudar as estratégias, apenas adequando os processos de venda e entrega a seu produto ou serviço.

Antecipação

Se você lançar um produto, oferta ou descontos em serviços com 15 ou até 30 dias de antecedência, possivelmente perdeu o timing. Tudo porque esse é o deadline de entrega dos Correios.

Se o produto é vendido dentro desse prazo, mesmo que o tenha a pronta-entrega, caso o cliente opte pela Modalidade de Entrega dos Correios (PAC), correrá o risco de a encomenda não chegar a tempo. O melhor a fazer é lançar os produtos com, pelo menos, 45 dias de antecedência, a partir da data comemorativa.

Logística

Tente criar um Plano de Ação com certa antecedência. Assim, evitam-se os problemas comuns à época, como produtos esgotados ou danificados e atraso nas entregas. Garantir que as entregas sejam realizadas dentro do prazo é primordial.

Estoque

É importante criar um calendário de datas sazonais para organizar os itens de interesse em cada período e poder explorar o Planejamento de Marketing no tempo certo.  Assim, quando a data em questão estiver em tempo apropriado para iniciar as divulgações, deverá haver um ‘time’ avisando para checar o estoque dos produtos correspondentes (se está suficiente, se terá que comprar mais, etc).

Produtos que esgotaram ou que foram pedidos, mas não chegaram a tempo – dentro do deadline do planejamento sazonal -não será mais preciso esperá-los  para compor o estoque.

Preço

A oferta ou liquidação só funcionam se os preços realmente forem atrativos. Para conseguir oferecer bons descontos ao cliente, é necessário negociar com fornecedores (com antecedência). Dessa forma, eles podem oferecer condições melhores de preços.

Também é importante definir com clareza qual é o custo de cada um dos produtos que entrarão na promoção, de modo a quantificar corretamente a redução na margem de lucro e definir quais produtos farão parte da ação.

Marketing

Mais uma vez, com um bom Planejamento de Marketing em mãos, é possível decidir os canais para divulgação das ofertas, como será feito, com que frequência, o tipo de campanha e a intensidade da ação.

Se uma das estratégicas for criar anúncios pagos em buscadores ou mídias sociais, a antecipação pode garantir um custo mais adequado do que no momento de alta do mercado publicitário.

Criatividade

Outra ideia inteligente é mostrar em sua loja online quais produtos são indicados para a comprar na referida data. Isso porque a maioria dos consumidores não parte para a compra com uma ideia pré-definida do que realmente quer levar. Aproveitando esse gatilho, é bom mostrar sugestões criativas e interessantes, sempre respeitando o perfil do seu público e as tendências do momento.

Seja lembrado!

Antecipe a proximidade da data com mensagens e materiais criativos na página principal do seu site ou loja online. Capriche nas imagens dos produtos, destaque as opções interessantes, torne sua página atrativa e facilite a visibilidade dos produtos.

O desenvolvimento de ações promocionais que geram vantagens competitivas deve fazer parte do briefing. No mundo online é importante orientar seu cliente para os produtos que se referem à respectiva data comemorativa e, claro, incluir dicas que auxiliem a escolha e fazer uso de palavras chave nos mecanismos de busca.

Trocas

Assim como nas lojas físicas, os comércios eletrônicos devem adotar procedimentos de troca de forma simples e perspicaz. No período de trocas de produtos em datas comemorativas, o feedback com seu cliente e a agilidade no processo pode ser fator crucial.

Todos nós sempre optamos por comprar de marcas que facilitam a dinâmica de trocas, sem burocracias. Vale lembrar que a troca pode ser uma grande oportunidade de fidelizar o seu cliente e, a partir daí, nutrir um saudável relacionamento e aumentar muito mais as vendas com ele.

Apresentação da embalagem

A embalagem deve ser a ‘cara da sua marca’, é um detalhe que vale o capricho, mesmo sendo simples, mas bem elaborada, pode ter certeza que ficará na memória de quem recebe.

Mesmo o volume de vendas sendo grande, em datas comemorativas vale à pena caprichar, isso inclui tanto o caso das lojas físicas como as online.

Checklist do Plano de Ação

  • É importante seguir o plano de ação na íntegra. Para que a dinâmica de vendas dê certo, deve-se investir em plataformas e servidores que suportem o crescimento da demanda, principalmente que supram os períodos sazonais.
  • Uma dica é começar pelo adiantamento dos pedidos aos fornecedores para disponibilizar os produtos em tempo hábil para a entrega.
  • Quando houver uma promoção, dê atenção especial para que os produtos sejam corretamente embalados e endereçados aos respectivos destinatários.
  • Reforce o sistema de picking e packing (pegar o produto e embalá-lo) e expedição, preparando-se para o aumento natural de demanda, que deve já estar previsto para que não haja problemas de performance.

Trabalhar com datas comemorativas dá trabalho sim, mas é isso que se espera delas. No atual cenário econômico, elas salvam as vendas por muitos meses!

Fonte:
http://www.ideiademarketing.com.br/2016/04/20/como-tirar-proveito-das-datas-comemorativas/
https://www.tuty.com.br/blog/planeje-seus-lancamentos-para-datas-comemorativas-com-antecedencia-2
https://uolhost.uol.com.br/academia/superguia/como-fazer-promocao/5-datas-comemorativas.html#rmcl
https://blog.hotmart.com/pt-br/datas-comemorativas-negocio-digital/
https://blog.algartelecom.com.br/financas/como-lidar-com-vendas-sazonais/