Você sabe como usar o e-mail marketing para aumentar as suas vendas?

Você sabe como usar o e-mail marketing para aumentar as suas vendas?

Conheça as tendências para o uso do e-mail marketing e dicas valiosas que irão fazer essa ferramenta vender de verdade.

Você sabia que e-mail completou 40 anos de vida?  E parece que essa potente ferramenta de relacionamento continuará existindo por muitas décadas. O segredo do sucesso? Trabalho contínuo de personalização do público alvo, com foco na qualidade dos materiais e menos foco na quantidade.

As empresas estão em fase de desenvolvimento de orçamentos. E esse é o momento de reativar programas de e-mail marketing e redirecionar novos esforços à inovação e velocidade dos trabalhos, tudo para acompanhar os clientes que andam cada vez mais exigentes.

Podemos esperar que as expectativas dos consumidores em relação ao conteúdo de qualidade aumentem – se tornou uma tradição nos últimos anos.  Os programas de e-mail marketing se tornarão ainda mais personalizados e interativos e, como resultado, mais eficazes para gerar receita e fidelidade às marcas.

Para atingir esses objetivos elevados, confira as dicas do Marketing Land, um dos portais de marketing digital mais relevantes da atualidade.  

Conteúdo certo na frente dos clientes certos

Os profissionais não terão mais desculpas para deixar a personalização de conteúdo do e-marketing de lado. Tudo porque o volume de dados que capturam em navegações, históricos de compra e preferências de e-mail é grande e são dados valiosos para formar um mailing consistente.

Se você ainda não pensou nisso, deverá priorizar a coleta e o uso de dados para a criação de conteúdos alinhados com seu público. Outra valiosa dica é seguir o comportamento de navegação, compra, clique e taxa abertura para identificar o conteúdo que mais atrai o interesse dos assinantes.

O crescimento de pedidos nos dispositivos móveis

Historicamente, o valor dos pedidos médios – via dispositivos móveis (AOV) – ficou muito atrás do seu parceiro – o desktop – porque o consumidor tem menor probabilidade de efetuar grande compras pelo celular. Por exemplo, comprar um veículo do próprio celular ainda não virou costume para a maioria dos consumidores.

Um levantamento da empresa Yes Marketing, mostra um crescimento significativo no valor do pedido médio de dispositivos móveis pela primeira vez em muito tempo. No terceiro trimestre de 2018, a AOV móvel foi de US $ 66,40, apenas US $ 20 a menos que a AOV de 2017 (US $ 86,20), e isso é apenas o começo.

Acredita-se que ainda nos próximos anos se tornará mais comum a prática comprar produtos – de valores elevados – por dispositivos móveis, à medida que a experiência do usuário melhore. Para aproveitar essa tendência, as marcas precisarão conquistar a confiança dos usuários oferecendo conteúdo detalhado do produto (descritivo inteligente), mais imagens e vídeos e depoimentos de clientes, para levar os assinantes do e-marketing às compras.

Crescimento do conteúdo interativo

Você sabe como usar o e-mail marketing para aumentar as suas vendas?Seguindo a tendência de anos anteriores, o conteúdo interativo continuará a crescer e servirá como um grande estímulo para impulsionar as vendas ou simplesmente entreter e educar o cliente.

E-mails marketings com jogos, questionários, carrosséis de imagens ou simplesmente cliques de ‘diversão’ (a palavra da ordem), permitirão ao usuário interagir com a marca, sem necessariamente deixar registrado o próprio e-mail.

Qualidade deve sobrepor a quantidade

A logística de entregabilidade das informações tornou-se uma preocupação séria para as empresas. Devido ao fraco gerenciamento de dados e ao aumento dos padrões dos principais ISPs, como Gmail, Yahoo e AOL, os e-mails podem chegar rapidamente às pastas de SPAM’S. Isso pode fazer com que todo o trabalho desenvolvido pelos setores responsáveis seja inútil.

Para alcançar a caixa de entrada dos contatos da lista é preciso maximizar a receita de campanhas de e-mail marketing. Afinal, o profissional precisa garantir que as mensagens cheguem às caixas de entrada de seus assinantes com total segurança.

É preciso deixar de focar na quantidade de e-mails enviados e se empenhar na produção de materiais de qualidade, tanto no quesito conteúdo como design de materiais e sistemas seguros de envios. Isso significa abraçar ainda mais as melhores práticas, como a segmentação de perfis, limpeza de dados e a verificação constante de e-mails que chegam e saem da caixa.

Além de alcançar os atuais assinantes, os profissionais mais inovadores usarão os dados para impulsionar seus esforços de aquisição digital e segmentar novos cadastros. Modernize suas listas de aquisições, anexando os tipos corretos de dados e encontrando versões semelhantes aos perfis de seus melhores clientes, em vez de apenas pagar seu custo padrão por lead.

Sim, essa abordagem pode, e muito provavelmente, custará mais para adquirir assinantes de qualidade. Mas, no final, o valor vitalício dos clientes valerá o investimento adicional. Lembre-se: aquisição mais inteligente = maior ROI.

Os programas de fidelidade e as coletas dados dos clientes

Muitas empresas já adotam programas de fidelidade e, em 2019, eles se tornarão muito mais sofisticados. Serão utilizados sistemas para coletar dados de clientes e entender melhor os comportamentos, permitindo que alcancem clientes fiéis com melhor personalização e adquiram outros novos com as mesmas características.

O que isso quer dizer? O empreendedor poderá acompanhar por e-mail o comportamento de seus clientes mais fiéis (por exemplo, aqueles que se envolvem com os e-mails com mais frequência) e entender melhor suas necessidades.

A que horas do dia os clientes preferem receber e-mails? Quais tipos de produtos costumam procurar e comprar? Quais promoções funcionam melhor para eles? Em seguida, as empresas poderão usar esses dados para incentivar assinantes com comportamentos semelhantes a participarem dos programas de incentivo, ofertas e fidelidade.

Marcas fortes no Brasil e no mundo já estão trabalhando dessa forma, com o objetivo de receberem dados de clientes. Essa combinação levará a um maior envolvimento na caixa de entrada e mais receita para as empresas que executam essas estratégias.

“Embora muitos no passado tenham alegado que o e-mail está morto e pronto para ser substituído por um novo canal brilhante, ainda temos que conhecer um verdadeiro sucessor para o nosso velho e bom amigo”, Sheryl Sandberg.

Fonte:
https://optinmonster.com/ecommerce-email-marketing-tips/
https://digitalks.com.br/noticias/7-estrategias-para-gerar-mais-vendas-com-e-mail-marketing/#
https://neilpatel.com/br/blog/como-fazer-email-marketing-4-exemplos-de-sucesso/
https://optinmonster.com/ecommerce-email-marketing-tips/
https://emailslucrativos.com.br/v2/
https://marketingland.com/email-marketing-trends-to-expect-in-2019-254584

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + 20 =